15/06/2015
Cabelos dourados premium
Olho para ti e reconheço-me, como se me olhasse num mosaico, e a satisfação que isso traria mistura-se com a preocupação de não querer que sejas igual a mim. Na verdade, não o quero. Quero que sejas aquilo que quiseres ser, e se isso te aproximar dos meus passos, que seja porque os queres, e […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
10/06/2015
Cadeiras vazias premium
Muitos anos. Dirias que muitos anos? Eu diria. Muitos anos esteve aquela figura a dizer umas coisas, escrever umas coisas, a dar-se, a dar de si. Veio o tempo em que ergueram à volta dele uma espessa cortina negra que o impedia de ver à sua volta, e só havia a luz que entrava pelo […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
05/06/2015
Para lá do ângulo recto premium
E se a vida fosse apenas isto? Se não nos restasse mais senão somar passos, viajar entre pontos, rituais diários que no final cansam e destroem, fazem acordar de manhã, ou a meio da noite, com um suspiro de não querer levantar, de não saber estar? Se nós não tivéssemos sempre a expectativa de que […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
30/05/2015
A seguir. premium
Num dia cinzento os carros param um ao lado do outro, em sentidos contrários, como em faixas contrárias do trânsito, como se fossem para destinos opostos, embora isso fosse, em rigor, impossível. E de janelas alinhadas, ela lança “sabes do que preciso?”, e claro que sabia, “precisas que te foda, já, como se não existisse […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
20/05/2015
Grande e brilhante premium
Estou a olhar para ti e vejo as minhas mãos na tua cintura, mas a tua loucura é tanta e abanamos tanto, as tuas coxas coladas às minhas e nós a movermo-nos frenéticos e eu passo as mãos às tuas coxas, consigo ver o meu caralho entrar e sair da tua cona a uma velocidade […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
14/05/2015
A confiar premium
No princípio eu estava lá. Segurava a mão, segurava objectos, ajudava, percorria longos metros e esperava, sentava-me à espera, e despejava as minhas palavras de conforto, porque as sentia, porque acreditava nelas. Reconfortava, apoiava, dizia que tudo correria bem. No final eu não estava lá. Não fisicamente. Apenas em espírito, como se do corpo se […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
11/05/2015
Finalmente sós premium
Tenho algo de que precisas, tu tens algo de que preciso. Damos por nós finalmente a sós, tu, eu, este espaço, e começo a ver os teus joelhos tremer, as tuas pernas a ceder a mim, até que num suspiro decides deixar-me entrar, porque eu tenho algo de que precisas e tu tens algo de […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
10/05/2015
Generalizações premium
Escrever que a vida nos ensina, nos molda e nos muda, é um lugar tão comum que se lá formos encontramos toda a gente e mal cabemos, apertados. E ainda assim, porque é comum, tem a sua verdade. Num acaso, li uma referência a um pensamento meu num blog escrito por uma mulher, acerca de […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
30/04/2015
Porquê? premium
Naquele chuveiro existia uma grande vidraça, fosca, por onde a luz da rua podia entrar e a tua sombra sair, vagueando pelo resto do espaço que ocupáramos, mas o teu corpo estava ali muito presente, e a água quente batia na tua pele e fazia pequenos rios que escorriam entre vales e valeiros, e o […]
premium
Por baixo, de lado, por cima