A Geografia das Curvas

Oozing

Percorrendo a casa, de porta em porta, surgem as janelas abertas e cortinas esvoaçantes, do vento que corre mais depressa, acelerado, entrando por um extremo e saindo por outro. Há camas desfeitas, lençóis perfumados e muito amarrotados, diria mesmo manchados, mobiliário um pouco fora de sítio, movimentado a impulsos, tapetes que perderam alguma da sua […]

Posted in Crónicas curvas2 comentários em Oozing

Real

Era muito cedo, numa manhã desinteressante como tantas manhãs aqui passadas, eu na minha cadeira, sugado na atenção por um monitor de pixeis mortos, reprodutores de coisas sem vida, as paredes neutras de sensações, preenchidas de papeis amarelecidos, pastas sem cor, o ar carregado de um sítio onde não se quer estar, mesas e cadeiras […]

Posted in Crónicas curvasLeave a Comment on Real