A Geografia das Curvas

Já se fodia

De um susto, o véu que esvoaçava entre as gentes levantou-se, deram-se nós na linha e o som voltou a ecoar. Já se fodia pá. Dizia-se que já se fodia. Mas antes disso, sorrisos e conversa como se nunca tivesse ficado qualquer silêncio pendurado. Como se o botão de pausa tivesse sido de novo pressionado, e […]

Posted in Crónicas curvas3 comentários em Já se fodia

A música d’A Geografia das Curvas, parte 3

Tenho vindo a recuar no tempo com a música dos Archive que mais influencia teve (e tem) na escrita que aqui faço. Em 2006 os Archive editaram o seu quinto álbum, Lights, e com ele, mais do mesmo: excelência. Aprecio boa música, e tão depressa encontro prazer em pequenos trechos como em músicas com a duração […]

Posted in MúsicaLeave a Comment on A música d’A Geografia das Curvas, parte 3

Vem já

Vem. Viro-me para ti com o braço esticado, a mão na tua direcção, e repito, vem, vem comigo, vem comigo que vou levar-te. Vou levar-te onde nunca ninguém, jamais, te levou. E tu, que levo, para onde me levas, do que preciso, é longe? Levas-me para longe? Para onde nunca estive? Não, não é longe, […]

Posted in Crónicas curvasLeave a Comment on Vem já

A música d’A Geografia das Curvas, parte 2

Controlling Crowds saiu em 2009. Primeiro, as partes 1 a 3, e no final do ano a parte 4. Algumas pessoas que ouvem Archive dizem ser música depressiva, demasiado assente em aspectos negativos das pessoas e da sociedade. Controlling Crowds mereceu, à época, alguns comentários desses, de como era algo sobre a pressão sobre as […]

Posted in MúsicaLeave a Comment on A música d’A Geografia das Curvas, parte 2