A Geografia das Curvas

Eu apenas um, e elas tantas

Por vezes acontece-me conhecer mulheres que gritam silenciosamente, e gritam algo que provavelmente nunca diriam. Como há dias, quando estive numa mesma sala com uma mulher, numa reunião sem destaque, que se apresentava no topo da compostura, de cabelo bem penteado e roupa muito cuidada, discreta, elegante. Desconheço-lhe a idade. De certo modo, é irrelevante. […]

Posted in Crónicas curvas2 comentários em Eu apenas um, e elas tantas