Manual de Sobrevivência para machos latinos (8)

8. Das grandes amigas

Ele simpático, um tipo divertido. Ela bonita, com um belo par de mamas. Um grande defeito, são bons amigos. E as boas amigas, já se sabe, não se podem levar para a cama. E quando se levam, são fortes as probabilidades de dar asneira.

O motor do amor, em fase inicial, é o sexo. As curvas, os olhos, as provocações. A imagem chama-nos a atenção, aproxima-nos da presa e faz com que nos preparemos para o ataque. Depois, quando tudo acalma e o sangue retoma a sua velocidade normal, arrumam-se as ideias e o amor pode instalar-se. É um tempo de afectos, brindado aqui e ali com outros momentos de paixão mais acesa. Isto é verdade e resulta quando as pessoas não se conhecem. Encontram-se, cheiram-se, gostam do que o nariz vê e os olhos sentem, apaixonam-se, atiram-se para cima da cama e eventualmente o amor acontece. Mas o que fazer quando o amor começa a notar-se no seio de uma amizade? Que deve o macho fazer quando uma boa fêmea lhe desperta os sentidos mas é também uma boa amiga?

Sempre me disseram “se a queres foder, não sejas amigo dela”, e eu já o disse algumas vezes porque os ensinamentos passam-se aos compinchas. As fêmeas são venenosas entre si e sabem que os melhores amigos existem apenas entre os machos. E enquanto nós conseguimos ver em praticamente todas as fêmeas uma potencial vagina, o mesmo não se passa com elas. Elas conseguem separar bem as coisas: há machos que lhes interessam por causa do pénis, outros apenas por causa do ombro.

Atenção machos, que os ombros e os pénis não se conciliam bem. Uma fêmea que se consola no teu ombro está realmente a pensar num pénis… que não é o teu.

@2005-12-12 07:00

João Por baixo, de lado, por cima

O João é Geógrafo físico e produtor de metano. Para além da geografia e da escrita, interessa-se também por fotografia, cinema e bolos da pastelaria do Manuel Natário em Viana do Castelo. E por mulheres, também. Não necessariamente por esta ordem, e nem sempre em separado. É um palhaço, não raras vezes um idiota, e até mesmo um cabrão, segundo opiniões conhecidas.

Your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *