Sabias que um abraço é muito melhor que um beijo?
– … nunca tinha pensado nisso. Se calhar tens razão…
Sabias que um abraço meu significará sempre mais que um beijo?
– não. Não fazia ideia. Sempre elevei o significado de um beijo teu a algo sagrado. Tenho estado enganado?
Quase… eu gosto de te beijar, mas acredita… abraço-te com mais prazer, sinto-te mais perto…
– acredito… mais perto…
Posso beijar muita gente na minha vida… beijo pelo prazer ou pela obrigação. Beijo por ter de beijar. Posso beijar familiares, amigos, amantes. E se calhar até me esqueço de que um beijo pode ser bom… rotina, é isso. É ela que faz isso.
– rotina… eu?
Tu… só tu. E mesmo assim não escapas… mas és especial, beijei-te sempre por querer, por amor… agora não sei.
– morreu?
Não… afundou-se por conveniência ou só para se preservar. O teu?
– não… está aqui… consegues ver? Consegues?
Nunca to diria… compreende-me, não posso, o meu papel é este. Somos difíceis de entender.
– rotina… eu?
Tu… tem calma. … mas quando te abraçar será sério. O abraço é mais sério, mais sincero que o beijo. Que julgas? Posso beijar tantos e abraçar tão poucos. Não vês? Tão poucos, e abraço-te a ti, e gosto, dá-me prazer.
– a mim… tão poucos…
Sente-te feliz, tens mais que muitos. Alguém que te abraça com sinceridade… nunca troques este abraço por qualquer beijo. Terás sempre este abraço presente. Quando precisares… um abraço… não sentes? É tão bom.
– mas um abraço também é perigoso…
Perigoso?
– … não podes ver a cara de quem abraças.

João Por baixo, de lado, por cima

O João é Geógrafo físico e produtor de metano. Para além da geografia e da escrita, interessa-se também por fotografia, cinema e bolos da pastelaria do Manuel Natário em Viana do Castelo. E por mulheres, também. Não necessariamente por esta ordem, e nem sempre em separado. É um palhaço, não raras vezes um idiota, e até mesmo um cabrão, segundo opiniões conhecidas.

Your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *