26/01/2017
Baixo, gordo, careca, pobre premium
Não tenho nada para te dar. Não tenho nada para ti. Sou baixo, sou gordo, sou careca, sou pobre. Tenho umas boas mãos, são quentes, sei tocar os pontos todos que arrepiam, sei explorar os pedacinhos de pele que causam frio e calor, sei libertar as torrentes do teu sumo. Tenho um bom caralho, de […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
06/01/2017
Dona nobis pacem premium
Pergunta como estou e é como murro, tal como o meu punho fechado contra a parede, partindo ossos sem sentir dor, e preciso de paz, alguém me entregue paz, e não me perguntem como estou, não me perguntem nada, não quero dizer, não quero saber, preferia não sentir, não perceber, não pensar, não ter murros […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
18/12/2016
The thin premium
Eu não quero ter frigorífico, troco-o por ti, quero ter-te a ti. Eu não quero máquina de lavar, lavo-me em ti, contigo, os dois debaixo da água, eu não quero um palácio, quero-te a ti, eu não quero um carro caro, quero andar a pé contigo, não quero os trópicos, estou bem contigo sentada num […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
30/11/2016
Lágrimas de Inverno premium
Viesse alguém dizer que era um amor de Verão, uma travessura de corpos despidos ao ar e ao Sol, e não poderia enganar-se mais, que o Sol era privilégio de outro hemisfério e os corpos despidos, só despidos no calor de um espaço fechado e na travessura, sim, na travessura de um segredo. Na verdade, chovia. […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
08/11/2016
Raspas de sono premium
Detiveram-se estacionados um bom tempo, de mãos nas mãos e dedos curiosos, a pensar entre eles quanto tempo era preciso para se fecharem dentro de casa. De quanto tempo precisavam para se foderem até à medula espinal e depois conseguirem ir trabalhar como seres humanos funcionais, capazes de o fazer depois de uma noite bem […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
14/10/2016
Não ser e não estar premium
Habituara-se a sentir-lhe o cheiro. A príncipio era estranho, mas depois tornou-se tão natural quanto o oxigénio que lhe preenchia os pulmões. E mais que natural, tornara-se delícia, um gostinho especial, do cheiro o sabor, como que lambendo os dedos de guloso perante grande espanto, porque afinal, afinal, ele era um gajo estranho. Estranho na […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
14/09/2016
E assim se fez premium
A noite começara a cair. Já havia caído muitas vezes antes, e sabia-se que cairia muitas mais vezes depois. Mas a brisa era agradável, ondulando cabelos, a excitação era grande, arrepiando a pele aqui e ali, e com a queda da noite, cairam também as roupas, e depois sobre elas, num atabalhoamento cego, os corpos. […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
05/08/2016
Polaridade premium
A arrumação da vida em compartimentos estanques é muito confortável. As coisas são brancas ou são pretas, isso é excelente para o sentido de orientação e não dá muito trabalho. Sabe-se sempre onde as coisas estão e é um modo fácil de manter uma área ordenada à nossa volta. Deslizar em cinzentos é mais trabalhoso, […]
premium
Por baixo, de lado, por cima
19/07/2016
Não o tens em ti premium
Como planador, passas por ali e olhas para todas as linhas, todas as palavras. Não sei bem o que buscas, que informação queres. Suspeito, mas não sei. Poderá ser um sinal de que temes perder, ou do que perdeste. Mas a novidade que procuras é simples de explicar. O que perdeste não deves senão a […]
premium
Por baixo, de lado, por cima